Para assinalar o Dia Mundial da Segurança Alimentar, o SUCH preparou algumas dicas para adotar em casa que ajudam a prevenir, detetar e gerenciar riscos de origem alimentar, contribuindo para a segurança dos alimentos e para uma alimentação adequada.

O nosso comportamento e a forma como construímos os sistemas alimentares podem evitar que perigos infeciosos e tóxicos, agentes patogénicos microbianos (bactérias, vírus e parasitas), resíduos químicos, biotoxinas e outras substâncias nocivas ou perigosas cheguem aos nossos pratos.

Estima-se a nível global que todos os anos uma em cada dez pessoas é afetada por doenças transmitidas por alimentos. Ora, a boa notícia é que a maioria dessas doenças podem ser evitadas.

Garantir uma alimentação segura não só é essencial para podermos aproveitar ao máximo o valor nutricional dos alimentos, como também é fundamental para a nossa saúde.

     

Comments are closed.